Alinhamento 3D: saiba mais sobre essa tecnologia

Serviço de alinhamento de qualidade a seus clientes é muito importante. Afinal, esse tipo de manutenção é essencial para garantir maior segurança e uma boa rodagem ao veículo. E entre os principais tipos de alinhamento existentes no mercado atualmente, o alinhamento 3D vem se destacando como uma das opções mais modernas e precisas. Mas você sabe realmente como funciona essa tecnologia? Quais são os seus principais benefícios? E quais as diferenças entre o alinhamento 3D e o alinhamento a laser? Neste texto, iremos apresentar algumas das principais características dessa inovação tecnológica que ganha cada vez mais adeptos e, consequentemente, espaço em centros automotivos. Confira!

Qual a importância do serviço de alinhamento?

Esse serviço é essencial para manter o carro com a geometria veicular original de fábrica. Dessa forma, o motorista e os passageiros podem contar com o máximo de conforto e segurança. Além disso, o alinhamento de rodas e direção evita o desgaste prematuro de pneus e o consumo desnecessário de combustível. As fabricantes de automóveis recomendam que o alinhamento de rodas e direção seja realizado a cada 10 mil quilômetros rodados, mas o ideal é realizar esse tipo de serviço com certa frequência ou sempre que se notar alguma instabilidade ao dirigir, vibração excessiva do volante, algum desgaste anormal dos pneus, quando realizar a troca e/ou o rodízio de pneus ou quando efetuar a substituição de algum componente da suspensão ou da direção.

Alinhamento 3D: como funciona?

Rápido, moderno e eficiente, o sistema de alinhamento 3D fornece dados precisos sobre a geometria veicular. Com ele, o mecânico pode avaliar a necessidade ou não de se realizar o serviço de alinhamento. Isso porque os desalinhamentos são medidos através de um sistema de detecção que conta com um software de alinhamento e com câmaras e sensores de alta resolução. Os resultados da leitura obtidos através desse sistema de diagnóstico são enviados para um programa de computador. Depois, são comparados a um banco de dados com os valores de câmber, cáster, divergência e convergência originais de fábrica. A partir dessa comparação, o programa analisa a necessidade ou não de executar o serviço alinhamento de rodas e direção. Uma das principais vantagens desse sistema de alinhamento 3D é a sua precisão. Por meio das informações contidas no computador, o veículo ficará novamente com o alinhamento de fábrica. Isso irá melhorar a estabilidade do veículo e aumentar a durabilidade dos pneus.

Diferenças entre o Alinhamento 3D e o Alinhamento a laser

Conforme mencionado anteriormente, enquanto o alinhamento 3D conta com um didático programa de computador e com câmeras e sensores que fazem a leitura tridimensional dos valores de divergência, convergência, câmber e cáster, o alinhamento a laser conta com projetores que emitem feixes luminosos num painel com escalas instalado à frente da rampa de alinhamento. Nesse sistema, a detecção destes valores é analógica e a leitura e a interpretação dos resultados são feitas pelo alinhador.

Quando realizar um alinhamento?

O ideal é que o alinhamento seja realizado com certa frequência, mais especificamente a cada 10 mil quilômetros rodados. No entanto, existem outros modos de verificar se um veículo está realmente precisando de um serviço de alinhamento. O caso mais comum é quando o condutor percebe alguma dificuldade do automóvel de permanecer em linha reta, deslocando-se ligeiramente para os lados. Tremulações excessivas no volante e o desgaste irregular dos pneus também podem ser sinais de que o veículo está precisando de um alinhamento.

Quer oferecer serviços de alinhamento de qualidade, modernos e precisos? Conte com quem entende do assunto! Máquinas Ribeiro: oferecendo as melhores opções de alinhadores de direção para o seu negócio há mais de 10 anos.

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo